Anjo da Glória


Esse anjo é representado como uma gloriosa explosão de luz celestial e se apresenta com algumas das singelas coisas da vida dignas de louvor: o nascer do sol, o arco-íris e crianças dançando. Esses são prazeres essenciais de nossa existência, que nos lembram da glória da criação.


HIERARQUIA ANGÉLICA - ANJO DO CÉU DO PARAÍSO


MISSÃO CELESTE - CELEBRAR A GLÓRIA DO DIVINO


MISSÃO TERRENA - AJUDAR-NOS A LOUVAR OS SIMPLES PRAZERES DA VIDA, A RECONHECER TODA BEM-AVENTURANÇA QUE NOS CERCA E A AGRADECER POR SER QUEM SOMOS.


O Anjo da Glória nos auxilia a louvar as inúmeras oportunidades que a vida nos apresenta de sentir a bem-aventurança e a alegria. Ele nos ensina a sermos gratos pela beleza e pela simplicidade da vida. Ajuda-nos, na realidade, a livrar-nos da tensão e da luta quando percebemos como as coisas podem ser simples. Esse anjo nos diz que a vida pode ser um momento eterno de glória, caso assim desejemos, e louva a glória da criação de Deus. Entramos em sintonia com a magia da beleza e a alegria sempre que abrimos o coração. Dessa forma, o esplendor da vida simplesmente se revela, transformando-se em um espelho que reflete nosso Amor quando a enxergamos pelo sentimento de gratidão. Por meio de um coração aberto, conseguimos também nos ancorar na realidade do aqui e do agora.


Podemos orar ao Anjo da Glória para incluir nosso agradecimento em sua canção de louvor e júbilo à Fonte da vida. Somos abençoados quando nosso coração está aberto. O prazer que sentimos ao dizer “obrigado” à vida é o reconhecimento definitivo da vida em si. A alegria da gratidão nutre a alma e nos propicia o profundo sentimento da graça. Há muitos anos, um sábio me ensinou a dizer: “Obrigada por todo o bem que está acontecendo em minha vida agora” e, quanto mais eu repetia essas palavras, mais dádivas recebia em minha vida.


Esse anjo nos auxilia a nos elevar do nível mundano para o nível do louvor à glória de Deus e ao milagre da criação. Harmonizar nossa energia e nossa percepção à Glória de Deus é ser parte dela. Cada um de nós é um aspecto do princípio divino da criação. Quando abrimos o coração aos anjos, celebramos nossa própria glória e, quando nos amamos, atingimos a glória do Eu interior e exaltamos o Divino.

5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo