A Irmã Salgueiro cujos galhos roçam o chão


Todas as cartas aqui colocadas, foram retiradas por mim, para meu conhecimento e aprendizado e as divido com vocês. Sintam-se à vontade para comentar se você passa por este momento também. Att. Fabiana Silva

Com o roçar de seus galhos, a Irmã Salgueiro neste momento lhe traz suavemente a cura pelo perdão e a liberação de dores antigas. Deixe seus galhos varrerem com graciosidade qualquer tristeza e dor de seu coração e de sua Alma. Um tempo de maior liberdade interior está nascendo e limpar a tristeza, curando pelo perdão, é o caminho para essa liberdade maior. Você merece essa liberdade e depressa se organiza para se dar esse presente, com a ajuda de Kuan Yin.


O perdão é uma maneira de elevar sua vibração pelo descarte de velhas energias que o drenam e o impedem de ter todo o seu poder disponível para si mesmo neste momento. É uma oportunidade de libertar-se do sofrimento e fortalecer-se. A Irmã Salgueiro, cujos galhos roçam o chão, orienta-o agora a perdoar os outros e a si mesmo em profusão e liberdade. Você talvez esteja muito ciente de sua própria necessidade de perdão, ou isso pode surgir como uma surpresa para você; nesse caso, esteja aberto para ouvir a verdade sobre quem ou o que precisa ser perdoado e limpo pela Mãe Salgueiro dos recônditos de seu coração. Pode ser um pequeno incidente de quando você era criança ou uma experiência significativa que você simplesmente colocou de lado em um esforço para seguir sua vida. Essa abordagem tem sido admirável; não obstante, sempre chega o momento de confrontar, perdoar e seguir em frente, não apenas na mente, mas também genuinamente no corpo.


Este oráculo indica que você está em um processo de perdoar os outros, e que você também precisa lembrar-se de perdoar a si mesmo por ser humano e precisar aprender e crescer, como qualquer pessoa. Você não tem de ser perfeito e, às vezes, é perdoando a nós mesmos que conseguimos perdoar os outros também. Sofremos menos por julgamentos duros que não parecem corretos a nosso coração e drenam as forças de nossa alma, e experimentamos mais bondade, uma nutrição balsâmica da Irmã Salgueiro cujos galhos roçam o chão, Kuan Yin em sua forma de perdão e cura, e desfrutamos mais paz de espírito.


O perdão é uma prática espiritual poderosa que o ajuda a desconectar seus circuitos energéticos de pessoas, lugares, situações e lembranças que podem drenar seu poder no momento presente e diminuir o ritmo de seu crescimento espiritual e da manifestação física de seu desejo do coração e propósito de alma.


No momento, você está crescendo espiritualmente e precisa de seu poder no tempo presente para alimentar esse processo. Como ao surfar uma onda, você está prestes a ser elevado, então, perdoe com sinceridade e sabedoria, e saiba que isso não significa que você está permitindo abusos no futuro. Significa que você está pronto para ter seu poder no momento presente, que tem compaixão e permite que o Universo dirija o aprendizado de todo ser neste planeta, que abandona pensamentos de vingança e se liberta do passado.


Curas pela Irmã Salgueiro cujos galhos roçam o chão


Sente-se confortavelmente, feche os olhos e veja, sinta ou perceba que você está dentro de seu chacra do coração, Imagine-o como um belo local com um corpo de águas calmas que refletem a luz e grupos de salgueiros, cujos galhos pendentes mergulham nas margens da água. Nesse belo lugar dentro de seu coração, você percebe Kuan Yin sentada perto do maior salgueiro, seus belos e seus mantos esvoaçando suavemente à brisa suave. Ao sorrir para você e erguer as mãos em um mudra de cura, ela faz levantar uma leve brisa de energia de cura que flui para dentro de seu coração, ajudando-o a abrir-se e a libertar-se. Permita que a energia d'Ela flua por seu coração e observe cordões de energia que se estendem de seu coração e o conectam a pessoas, lugares, coisas e lembranças desta e de outras vidas.


Diga em voz alta: "Aceito neste momento a assistência amorosa de Kuan Yin para abandonar qualquer amarra ou apego que esteja drenando minha energia, A todos com quem tenho questões não resolvidas, por todo o tempo e o espaço, agora declaro: reconheço que você é uma Alma, aprendendo como eu, e eu a perdoo. Se a feri de alguma forma, por favor, perdoe-me. Escolho libertar, a você e a mim, do passado. Que sejamos todos abençoados com a Misericórdia e Graça de Kuan Yin, com o bondoso poder de cura da Irmã Salgueiro cujos galhos roçam o chão. Que assim seja. Om Mani Padme Hum".


Visualize ou imagine que a luz de Kuan Yin em seu coração se torna como um fogo branco de energia, queimando qualquer amarra ou apego que agora é liberado. Visualize ou imagine que o fogo branco em seu coração flui para seu umbigo e o infunde com poder, energia e vitalidade. Imagine cordas rompendo-se e voltando a seu campo de energia, não mais deixando vazar seu poder para fora de sua aura.


Una as mãos diante de seu centro do coração, no mudra de oração, com as palmas juntas, respire profundamente, inspirando e expirando, sentindo em seu coração a paz da Irmã Salgueiro cujos galhos roçam o chão.


Quando estiver pronto, abra os olhos.


Oração da Irmã Salgueiro cujos galhos roçam o chão


Amada Kuan Yin, Irmã Salgueiro cujos galhos roçam o chão, com graciosidade e rendição ao amor, tu perdoaste grandes transgressões contra ti, pois escolheste a sabedoria e o crescimento espiritual, não escondeste tua raiva, mas escolheste apenas abandoná-la e encontrar paz e compaixão em teu coração. Tu te libertaste para ascender à bem-aventurança! Por favor, abençoa-me para que eu possa contar com minha própria sabedoria e força espiritual para perdoar e fortalecer-me neste momento. Permito que a Irmã Salgueiro, cujos galhos roçam o chão, purifique gentilmente meu coração. Om Mani Padme Hum.

5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo